Riscos da automedicação em casos de ginecomastia

21/03/2022

A ginecomastia consiste no aumento das glândulas mamárias em homens que, por uma série variada de motivos, têm a quantidade de testosterona (hormônio sexual masculino) reduzida em seu organismo. Dessa forma, a progesterona (hormônio sexual feminino) é produzida em maior quantidade, causando um aumento na região mamária de homens. 

Essa disfunção hormonal é comum durante a adolescência, mas pode afetar homens de diferentes idades ao redor do mundo. Por se tratar de uma doença que atinge diretamente a autoestima de milhares de pessoas, muitos homens recorrem aos medicamentos caseiros ou populares. Sabendo disso, separamos neste artigo alguns riscos da automedicação em casos de ginecomastia.

Riscos da automedicação em casos de ginecomastia

Quais os riscos de se automedicar em caso de ginecomastia? 

Não ter o diagnóstico definitivo 

Por se tratar de uma doença, assim como qualquer outra, a ginecomastia requer um diagnóstico profissional antes do início de um tratamento. Portanto, antes de se automedicar, procure um médico especializado em ginecomastia para iniciar com o tratamento medicamentoso ou, em alguns casos, cirúrgico

Acreditar no diagnóstico feito em casa pode levar o indivíduo a tomar medicamentos fortes que não são necessários para o seu tratamento. Muitas vezes o paciente apresenta a pseudoginecomastia, que consiste na protuberância das mamas, mas não por causa de hormônios, mas, sim, por excesso de tecido gorduroso na região. 

Dessa forma, é importante saber o que tem causado o aumento das mamas e, se for o caso, tomar o medicamento recomendado da forma correta. Lembramos que todo medicamento possui efeitos colaterais e, se não consumidos sob orientação médica, podem causar ainda mais dores de cabeça. 

Reações adversas 

É de conhecimento geral que determinados remédios causam reações indesejadas em certos organismos. Dessa forma, usar medicamentos errados e sem prescrição pode gerar danos ainda maiores que os da ginecomastia. Ressaltamos que apenas médicos e farmacêuticos são – e devem – ser responsáveis pela recomendação de remédios para tratamentos, inclusive o de ginecomastia. 

Gastos desnecessários 

Adquirir remédios em farmácias é um ato que demanda gastos. Isso pode ser um desafio para milhares de pessoas que não têm condição financeira de comprá-los. Imagine que, além de gastar com remédios amadores, eles não serão eficazes contra a ginecomastia. Isso tem grandes chances de acontecer, uma vez que a compra de remédio sem prescrição médica é um dos riscos da automedicação em casos de ginecomastia. 

O Dr. Wendell é referência no tratamento de ginecomastia 

Se você procura um tratamento para ginecomastia que seja profissional, seguro e eficiente, conte com o Dr. Wendell e toda a sua equipe. Com uma vasta experiência em cirurgias de ginecomastia e reconhecimento acadêmico por sua excelência na profissão, o Dr. Wendell sempre preza pelos melhores resultados e satisfação dos pacientes. Agende uma consulta e saiba mais! 

0/5 Singular: (0 Análise)
Leia mais