Ginecomastia bilateral secundária à ingestão de esteróides anabolizantes

Tempo de leitura: 1 minuto

A ginecomastia é uma situação comum que consiste na proliferação do componente glandular da mama masculina como resultado de um desequilíbrio na ação dos estrogênios e andrógenos no nível do tecido glandular. Em geral, todo tecido mamário visível ou palpável em homens deve ser considerado anormal, exceto em três situações fisiológicas, como idade; perinatal, puberal e senil. Entretanto, a incidência deste problema varia de acordo com a série, dependendo principalmente do tamanho do disco de mama tomado como ponto de partida e da idade do grupo.

A etiologia é muito variável, tendo sido implicados vários problemas como; tumores, endocrinopatias, hipogonadismo primário e secundário, drogas, entre outros. Atualmente, os esteroides anabolizantes se destacam no grupo dos medicamentos. Comumente, alguns estudos estão analisando esse problema em pacientes que fazem o uso de anabólicos, embora a prevalência de ginecomastia nesses pacientes seja de até 50%.

Portanto, diante de um paciente com hábitos esportivos que apresentam ginecomastia, uma das nossas primeiras suspeitas deve ser a anabolização. Após a suspensão dos agentes anabólicos e o estabelecimento de um ciclo de tratamento oral preferencialmente com tamoxifeno, a taxa de remissão pode ser alta dependendo da duração da ginecomastia e do tamanho. Se a remissão não for alcançada, a cirurgia é uma boa opção.

Veja também: Quais são as causas da Ginecomastia?

Conte com o Dr. Wendell Uguetto

Não cometa o erro que a maioria dos homens que sofrem com este problema cometem. Procure ajuda profissional! Os médicos que podem lhe ajudar especificamente no problema são: endocrinologista, mastologista ou, no caso de lipomastia, o cirurgião plástico.

Desta forma, ele poderá identificar qual das condições o seu corpo sofre e qual deve o tratamento indicado. Além disso, se houver alguma dúvida sobre o assunto, serão facilmente esclarecidas por ele.

Para saber mais, fique por dentro de nosso blog ou agende uma consulta!

Comentários do Facebook