Vergonha é inimiga do tratamento de ginecomastia

Tempo de leitura: 3 minutos

Cerca de 40% dos homens irão apresentar ginecomastia em alguma parte de suas vidas. Ou seja, é um problema que atinge milhões de pessoas em diferentes idades, status social, peso e forma de vida. A ginecomastia é um problema que atinge a auto estima, imagem corporal e outros fatores, mas não precisa ser negligenciada. Procurar tratamento para ginecomastia é melhor forma de se livrar desse problema definitivamente e poder realizar as atividades que costumava fazer.

Procurar tratamento para ginecomastia não é motivo de vergonha ou medo

Apesar de ser um assunto delicado para muitas pessoas, principalmente os adolescentes acometidos por essa questão por causa da chuva de hormônios da puberdade, é importante que o paciente tenha todo o amparo da família, médico e amigos. Ter ginecomastia é comum e pode ser tratado seja com medicamentos para normalizar os hormônios ou cirurgia de remoção das glândulas. Entenda mais sobre isso:

Não procurar ajuda apenas agrava o caso

Ao perceber que há algo diferente nas mamas, o paciente geralmente se assusta, fica com vergonha e começa evitar a tirar a camisa em locais públicos como praias e clubes, evita utilizar roupas mais justas, assim como pode evitar até sair e ficar próximo das pessoas, por exemplo.

 

Essas atitudes de se distanciar das pessoas, mudar o comportamento, se esconder e não procurar ajuda, apesar de parecerem uma solução para esconder a ginecomastia, na verdade batem de frente com as recomendações de médicos, psicólogos e outros especialistas.

 

Assim que o paciente perceber o crescimento anormal das mamas, deve contatar as pessoas em que ele confia e procurar ajuda do especialista, que por sua vez irá conhecer o paciente, fazer exame físico e pedir exames de imagem e de sangue, para constatar se o problema trata-se de ginecomastia, pseudoginecomastia ou algum tumor ou problema na área.

Você não está sozinho

Geralmente os cirurgiões que tratam esse problema, cuidam de centenas de pacientes mensalmente e possuem grande experiência nas formas de tratamento da ginecomastia. Dessa forma, não há motivo para ter medo de falar com o médico ou achar que você é o único com essa condição. Quanto mais vergonha e medo de procurar ajuda, mais demorado poderá ser o tratamento até atingir os resultados esperados.

 

É questão de saúde

Apesar de muitas pessoas acharem que ginecomastia é um problema estético ou gerado pela gordura corporal localizada, a ginecomastia é uma questão de saúde, sendo que planos de saúde e até mesmo o SUS realizam tratamento para essa condição, ou seja, a cirurgia.

Sendo assim, o paciente com esse problema precisa ter em mente que para as glândulas mamárias estarem crescendo é porque existe algum fator que esteja desencadeando uma desordem hormonal em seu corpo, gerando esse efeito.

Um fator importante a ser destacado é que a ginecomastia não é uma doença e sim um sintoma, que pode vir acompanhado de outros como a diminuição de pelos corporais, falta de libido e disfunção sexual!

 

Conte com Dr. Wendell Uguetto

Com diversos anos de experiência em diagnosticar, acompanhar e tratar a ginecomastia, o Dr. Wendell possui toda a estrutura para te ajudar a se livrar da ginecomastia. Agende sua consulta!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.