Tratamento para ginecomastia: o que pode influenciar no valor?

Tempo de leitura: 3 minutos

Embora, geralmente, não seja um problema sério, pode ser difícil lidar com o aumento das mamas, principalmente porque meninos e homens que apresentam essa condição podem sentir dor nos seios e ficar envergonhados. Afinal, essa é uma condição na qual o tecido glandular das mamas aumenta de tamanho. Para decidir o melhor tratamento para ginecomastia, contudo, é preciso avaliar a sua causa, duração, gravidade e se o paciente sente dor, desconforto ou sensibilidade nos mamilos.

Descubra o que pode influenciar no valor do seu tratamento para ginecomastia

A escolha do médico é um dos primeiros fatores que podem influenciar no valor do seu tratamento para ginecomastia, principalmente por conta do valor das consultas e, caso seja necessário, do procedimento cirúrgico em si. Os exames pré-operatórios solicitados, de acordo com o caso de cada paciente, também podem ter os seus custos.

No entanto, é válido ressaltar, ainda, que o tipo de tratamento escolhido também pode impactar nisso, considerando que as opções de tratamento para ginecomastia incluem o uso de medicamentos e a cirurgia:

Medicamentoso

Após o fechamento do diagnóstico correto e da avaliação das causas, se houver a constatação de que o aumento das mamas é causado por um desequilíbrio hormonal, o tratamento para ginecomastia inicialmente indicado é o medicamentoso. 

Os medicamentos servem para tentar não só regular, como também estabilizar os hormônios no organismo do paciente. Contudo, existem algumas opções de remédio disponíveis que podem ser receitados pelo médico, o que também pode influenciar no valor investido no tratamento.

Entre as opções disponíveis, existem 3 classes de medicamentos que são indicadas no tratamento para ginecomastia: andrógenos, inibidores de aromatase e antiestrogênicos.

Cirurgia de ginecomastia

Para pacientes que apresentam a condição há mais tempo, a cirurgia de ginecomastia é uma opção para reduzir o tamanho das mamas. Nestes casos, é importante ter em mente que existem uma variedade de fatores que podem impactar no valor final do seu tratamento para ginecomastia, como por exemplo:

  • Tipo de anestesia utilizada: Quando há indicação de cirurgia como forma de tratamento para ginecomastia, as opções de anestesia são a peridural, a local com sedação ou, ainda, a anestesia geral;
  • Técnica cirúrgica: A extensão da cirurgia, bem como a técnica utilizada, depende da gravidade do aumento das mamas, se também há excesso de tecido adiposo e se existe a necessidade de ressecção de pele;
  • Outros fatores: É válido mencionar que a internação hospitalar, os medicamentos usados e as drenagens também podem contribuir para que o valor do tratamento para ginecomastia seja um pouco maior ou um pouco menor. Sem contar, é claro, os custos com o colete de compressão e, em alguns casos, das meias antitrombo.

Conte com um especialista no assunto!

Se você suspeita que tem ginecomastia ou já foi diagnosticado, é importante contar com um cirurgião plástico que seja especialista no tratamento para ginecomastia. Dessa forma, você tem a garantia de que o método de tratamento escolhido será o mais indicado para o seu caso, podendo proporcionar um excelente resultado. Por isso, agende agora mesmo uma consulta com o Dr. Wendell Uguetto!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.

 

O que é Ginecomastia?
Causas da Ginecomastia
Graus da Ginecomastia
Tratamento para Ginecomastia
Cirurgia de Ginecomastia