Saiba como disfarçar a ginecomastia enquanto realiza o tratamento

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Homens sofrem de problemas psicológicos e de crises de autoestima com a ginecomastia, isto é, o crescimento anormal das mamas, que chegam a se assemelhar às mamas femininas. Esse problema, que pode ser detectado em qualquer fase da vida humana, é uma anomalia decorrente de algum desequilíbrio hormonal, quando o corpo acaba produzindo mais estrogênio e hormônios femininos que a testosterona.

Homem preocupadoO tratamento para ginecomastia, que é muito simples e eficiente e realmente acaba com o problema, pode demorar um tempo se escolhida a forma medicamentosa. Afinal, nesse caso, o homem utiliza fármacos e remédios para reequilibrar os hormônios em seu corpo e, assim, reduzir naturalmente o formato e o tamanho das mamas. Logo, é necessário que a pessoa espere um tempo, para que o tratamento realmente dê certo e para que a diminuição seja definitiva e as mamas não voltem mais a crescer de forma desenfreada.

Isso incomoda muitas pessoas, principalmente os adolescentes que, como vimos no post anterior, sofrem com o turbilhão hormonal do desenvolvimento e da puberdade. Devido às mamas maiores, muitos hábitos precisam ser mudados e adotados por causa da vergonha e do pudor que eles nutrem em relação ao seu corpo. Eles não vão mais às praias, às piscinas e aos parques, deixam de socializar com pessoas desconhecidas, não jogam mais futebol e se isolam nos colégios e em quaisquer outros lugares, o que limita sua felicidade e seu bem-estar.

Assim, enquanto o tratamento acontece, é importante que a pessoa não deixe de viver coisas e situações que lhe fazem bem, justamente porque o segredo de um corpo saudável é uma mente saudável. Mais do que deixar de se divertir, tudo isso pode inclusive acarretar crises de depressão, que podem levar a casos extremos como tentativa de suicídio. Confira a seguir, então, dicas para quem quer evitar esse tipo de problema e, principalmente, para quem deseja curtir a vida sem precisar esperar o fim do tratamento.

Escolha camisas maiores

Escolha roupas, como camisas e blusas, mais largas, de preferência com as mesmas dimensões de colarinho e cintura.
Escolha roupas, como camisas e blusas, mais largas, de preferência com as mesmas dimensões de colarinho e cintura.

A primeira das dicas está no tamanho das roupas. Até o fim do tratamento, especialistas e médicos recomendam que a pessoa não exponha as suas mamas e as reserve em roupas maiores, que evitarão que a pessoa sofra qualquer tipo de vergonha e tenha que se exilar em casa. Com isso, o homem acometido com a ginecomastia poderá sair, se divertir, ir ao cinema, visitar um museu e até mesmo poderá dar uma caminhada na praia ou no parque. Sem problemas nem riscos.

O recomendado é que você compre camisetas e roupas utilizando as medições do colarinho e da cintura. Não se limite apenas aos padrões de tamanho (P, M, G, GG…), já que ainda são muito diferentes de uma loja para a outra e podem causar desconforto ou surpresas negativas durante o uso. Mas você não precisa, é claro, ter uma fita métrica e medir cada roupa de cada loja. Geralmente, esses números aparecem nas etiquetas e, o melhor ainda, basta você se vestir no provador e ver se o modelo ficou legal em seu corpo.

Sem estampas chamativas

Evite moletons e blusas com estampa no peitoral, como esse da foto.
Evite moletons e blusas com estampa no peitoral, como esse da foto.

E não é só o tamanho com o qual as pessoas precisam tomar cuidado. Pelo contrário, há detalhes que muitas mulheres sabem que são importantes para disfarçar, ou mostrar, os seios maiores e que os homens com ginecomastia devem aprender – tratam-se das estampas. Camisas e blusas estampadas na parte do peitoral chamam atenção das pessoas justamente para a região das mamas, logo evite esse tipo de produto. Por isso, roupas lisas ou com padronagens simples, como xadrez e tiras, devem estar no seu guarda-roupas.

E o material? A seda e tecidos mais maleáveis, por se moldarem melhor ao corpo, também são contraindicados para quem quer disfarçar a ginecomastia enquanto realiza o tratamento. O legal é usar moletons, algodão grosso e tecidos rígidos, que criam uma espécie de capa e tela em frente às mamas.

Como usar a roupa

E, por fim, outra dica refere-se ao uso das roupas. Se a roupa tiver botões, o recomendado é não os abotoar, já que eles criam ainda mais volume. Recomenda-se também que a pessoa não coloque a camisa ou a blusa por baixo da calça, para alongar a silhueta e, assim, evitar a concentração de massa e atenção no tórax.

Muitas pessoas acometidas com ginecomastia indicam a utilização de uma segunda camiseta por baixo da blusa ou da roupa. Ela, sim, pode ser colocada por baixo da calça, tendo a vantagem de que reforça a proteção contra possíveis acidentes e consegue disfarçar a ginecomastia com muito mais eficiência no decorrer do tratamento.

No entanto, se você acha que seu tratamento está demorando muito, converse com seu especialista. Não tenha medo de lhe dizer o que te angustia, já que o tratamento precisa trazer bem-estar, e não agonia. Logo, dependendo do caso, pode até ser que a receita medicamentosa seja reforçada ou que se realize uma cirurgia, porém tudo deve ser discutido com calma com o médico, para evitar riscos e problemas desnecessários.

Comentários do Facebook