Quais são os mitos e verdades da Ginecomastia?

Tempo de leitura: 3 minutos

Mesmo que esteja mudando aos poucos, ainda existe um certo tabu sobre homens que fazem cirurgias plásticas. Quando se fala sobre ginecomastia, é comum que surjam muitas dúvidas, mitos e verdades sobre o tema.

Isso acontece porque, durante muito tempo, a vaidade e os cuidados com a saúde foram assuntos que pertenciam ao universo feminino. Aos poucos, é possível notar mudanças e os homens estão cada vez se preocupando com essas questões. A ginecomastia hoje figura entre os 5 procedimentos estéticos mais procurados pelos homens.

Mitos e verdades sobre ginecomastia

Confira agora alguns mitos e verdades que se propagam de maneira rápida sobre o tema.

É possível perder a ginecomastia naturalmente

Verdade! Nem todos os casos precisam que seja adotado um tratamento. Em pacientes com ginecomastia neonatal ou puberal, por exemplo, o aumento das mamas tem caráter transitório, tendendo a desaparecer com o tempo.

Ginecomastia é a presença de gordura nas mamas

Mito. Mesmo que seja muito associada à gordura nas mamas, a ginecomastia acontece pelo excesso de tecido mamário. Pode, entretanto, ocorrer como um resultado da presença de gordura. No corpo do homem, a gordura é transformada em hormônio feminino que, ainda que em baixa dose, aumenta o tecido mamário.

É possível tratar a ginecomastia com medicamentos

Verdade. Pode ser indicado um tratamento com remédios para regular os hormônios, caso o médico avalie que é possível melhorar e reverter o crescimento da mama dessa forma. Medicamentos com efeito antiestrogênico são alguns dos exemplos para tratar a ginecomastia. Contudo, em alguns casos, somente a cirurgia é capaz de solucionar o problema.

Existe tratamento com lipoaspiração

Mito. A ginecomastia tem a ver com o aumento do tecido mamário. A retirada de gordura dessa região até diminui o volume das mamas, mas não é um tratamento eficaz para a ginecomastia.

A recuperação da cirurgia de ginecomastia é muito dolorosa

Mito. É comum sentir leves incômodos após o tratamento cirúrgico de ginecomastia. Mas as dores são mínimas e, geralmente, o médico irá indicar uma medicação própria para ser tomada no pós-operatório.

O uso de anabolizantes faz a procura pela cirurgia aumentar

Verdade. Um dos públicos que mais procura pelo tratamento cirúrgico de ginecomastia é o que frequenta academia. Isso acontece porque o uso de hormônios pode acabar acarretando no aumento no tecido mamário.

A cicatriz da ginecomastia é visível

Mito. Na cirurgia de ginecomastia, é feito um corte embaixo da aréola. A cicatriz fica quase imperceptível, super discreta, após o período de recuperação.

A ginecomastia é causada unicamente por um fator genético

Mito. A ginecomastia é causada por uma questão de desequilíbrio hormonal. Dessa forma, existem diversos fatores que podem ser responsáveis pelo aumento do tecido mamário, como o uso de substâncias como drogas e remédios, até reações corporais ligadas à idade que o paciente tem.

Conte com o Dr. Wendell Uguetto

Com o Dr. Wendell Uguetto, você vai receber todo o atendimento necessário para cuidar da sua Ginecomastia. Além disso, através de um exame completo e detalhado, prescrição médica do tratamento e acompanhamento mensal e completo.

Faça já sua avaliação com o Dr. Wendell Uguetto!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.