Quais os Riscos do uso Indiscriminado de Anastrozol?

                 

O anastrozol é um remédio usado por mulheres que passaram pela menopausa e estão fazendo o tratamento contra o câncer de mama. Sua ação no organismo inibe a produção de estradiol, hormônio feminino. Dessa forma, com o anastrozol não há o desenvolvimento da mama por estímulos hormonais, por isso é recomendado para mulheres com predisposição ao câncer.

Em contrapartida, muitos homens que sofrem com a ginecomastia fazem uso desse medicamento sem prescrição ou receita médica. Esse uso acontece porque a ginecomastia consiste no aumento das mamas masculinas, decorrente do contato do organismo com hormônios femininos. Como o anastrozol inibe esse tipo de hormônio, muitos homens partem desse princípio para se automedicarem e fazer uso indiscriminado de anastrozol.

Sabendo disso, trouxemos neste artigo a resposta para uma pergunta bastante comum entre homens das mais variadas idades que têm ginecomastia: quais os riscos do uso indiscriminado de anastrozol?

Quais os riscos do uso indiscriminado de anastrozol

Saiba quais os riscos do uso indiscriminado do anastrozol

O uso indiscriminado de qualquer medicamento apresenta uma série de riscos à saúde e ao bem-estar dos usuários. Embora seja um medicamento muito importante e de relevância em doenças sérias, não são todos que podem usá-lo. Separamos abaixo alguns dos efeitos colaterais e malefícios do uso de anastrozol a longo prazo. Confira:

  • Desenvolvimento de resistência ao medicamento;
  • Ondas de calor;
  • Enrijecimentos muscular;
  • Artrite;
  • Depressão;
  • Náuseas;
  • Queda de cabelo;
  • Hipercolesterolemia (aumento do nível de colesterol no sangue).

Os riscos podem variar de paciente para paciente e, é claro, de organismo para organismo. Portanto, antes de realizar qualquer tipo de ingestão medicamentosa, procure um médico. Compilamos também o grupo de pessoas para as quais o anastrozol não é recomendado:

  • Crianças de até 12 anos;
  • Idosos;
  • Homens com ginecomastia ou suspeita;
  • Mulheres antes da menopausa
  • Gestantes e lactantes;
  • Pessoas com sensibilidade a qualquer substância da composição do remédio;
  • Não se recomenda também para quem vai dirigir ou operar máquinas.

Vale ressaltar que a venda do Anastrozol é feita sob prescrição médica, portanto não pode ser automedicado. Para usá-lo é necessário acompanhamento médico, principalmente por conta dos efeitos colaterais. Portanto, se você tem ginecomastia e quer tratar com o método mais adequado e correto, procure um profissional especialista no tratamento de ginecomastia.

Não se exponha aos riscos do uso indiscriminado de anastrozol, conte com um profissional

A ginecomastia tem tratamento eficaz e o uso de anastrozol não está dentre eles. Para se livrar de uma vez por todas da ginecomastia, o mais recomendado é falar com um médico que, por sua vez, te encaminhará para o tratamento mais eficaz. Atualmente, o tratamento medicamentoso e a cirurgia são os mais recomendados dentro desse contexto.

A cirurgia de ginecomastia é a mais prática e eficaz. Se realizada pelos profissionais certos de maneira segura, em questão de horas o paciente já está liberado, com todos os cuidados, é claro. Por isso, entre em contato com a equipe do Dr. Wendell Uguetto, médico especialista em ginecomastia e agende sua consulta!

Leia mais