Problema sem restrição de idade

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

A ginecomastia é uma condição que pode causar constrangimento para quem a possui, independente da fase da vida e muito por conta do problema estético gerado por ela. Em geral, o desconforto social vindo dela é geralmente associado com uma das fases da vida do homem na qual o aparecimento da enfermidade é mais comum, a adolescência – cerca de 65% dos casos de ginecomastia acontecem na faixa etária que precede a vida adulta. Em adição ao fato de que esse período por si só é um tanto complicado, dada as demais mudanças que ocorrem no corpo de um jovem, o aparecimento deste problema tende a ser um incômodo extra para quem o enfrenta em termos de autoestima e aceitação do próprio corpo.

Ginecomastia na adolescência.
O trauma de muitos homens com Ginecomastia.

Entretanto, engana-se quem acha que o problema no tocante à estética se limita à adolescência. Todos nós sabemos o valor que a aparência tem em nossa sociedade; o mesmo podendo ser dito a respeito de uma situação que faz o indivíduo se diferenciar daquilo que é considerado normalidade por seus pares. Sendo assim, o aparecimento de uma patologia que causa o crescimento das mamas em um homem é algo que tende a ser notado independentemente da idade do mesmo, o que é o caso da ginecomastia. Infelizmente, é o tipo de condição que gera comentários maldosos por parte de algumas pessoas, principalmente pela comparação com a anatomia feminina.

Diferença

Mesmo após o complicado período da adolescência e seu turbilhão de hormônios, a ginecomastia continua a ser um problema no dia a dia das pessoas. Quando a condição ainda não é muito aparente, pode ser contornada ou disfarçada com o uso de roupas, conforme já vimos em um texto anterior em nosso blog. Isso, no entanto, acaba limitando o indivíduo a evitar a tirar a camisa em situações sociais, seja numa piscina, no futebol com os amigos, em uma tarde no clube e demais momentos semelhantes. Seja um adulto ou um idoso, nem sempre é fácil lidar com isso.

O mesmo pode ser dito nos casos em que a ginecomastia já tenha avançado em grau, fazendo com que a discrição proporcionada pela roupa seja menor. É notável o desconforto que pode acontecer em situações assim, mesmo sobre a guisa de “brincadeira” que certas atitudes são justificadas. Devia ser uma constante o conhecimento geral sobre isso, mas aparentemente a ideia de que atentar contra a autoestima alheia possa ser considerado algo engraçado é realmente lamentável.

Solução

Sendo assim, o tratamento e solução da ginecomastia é algo que o indivíduo portador da enfermidade pode e deve procurar. A recuperação de sua autoestima e por consequência do seu bem-estar é um direito seu. Independente do grau de seu caso ou da forma com que a questão será tratada, seja através de medicamentos ou intervenção cirúrgica, tenha a certeza de que ao procurar um profissional da área você estará dando um passo importante em busca de uma condição melhor para você. É tempo de deixar a vergonha de lado!

Comentários do Facebook