Os exercícios para amenizar a ginecomastia

Tempo de leitura: 2 minutos

Uma das causas da ginecomastia é o uso de anabolizantes e esteroides, que promovem um desequilíbrio hormonal no homem. Geralmente, essas substâncias são utilizadas por quem pratica exercícios de musculação e desejam elevar consideravelmente o nível de massa muscular.

Contudo, eles desestabilizam a produção hormonal do corpo, pois aumentam os níveis de testosterona, fazendo com que o organismo o reverta em estrogênio, hormônio feminino que promove o aumento dos seios.

Dentre essa e outras causas, a ginecomastia pode ser tratada de forma medicamentosa ou cirúrgica. Há também, algumas medidas que podem auxiliar a sua diminuição, bem como, alimentação, prática de exercícios e outros hábitos saudáveis.

Exercícios e ginecomastia

Há controvérsias a respeito da prática de exercícios para melhorar ou não a ginecomastia. Entretanto, tudo depende da forma que ele é praticado e com qual tipo de acompanhamento. Em alguns casos, ele pode aumentar ainda mais as mamas, em outros pode apenas ajudar a disfarçar quando o rapaz estiver vestido, como também, pode reduzir o quadro consideravelmente.

Como fazer para conseguir os resultados esperados?

Para conseguir amenizar os sintomas da ginecomastia através da prática de exercícios físicos, é preciso ter atenção a sua dieta e hábitos. O ideal é ter uma alimentação equilibrada, sem presença de frituras, açúcares e coisas gordurosas. Ela deve ser rica em proteínas, alcalinidade e água, pois são componentes mais simples de queimar e processar no organismo.

Além disso, deve-se suspender o uso de medicamentos, drogas e álcool, para que o corpo diminua o inchaço e reduza o nível de hormônios, fazendo com que as mamas voltem ao normal com mais facilidade.

Quais exercícios praticar?

Vale lembrar, que para que os exercícios tragam o resultado esperado, eles precisam ser focados na perda de peso e calorias. Do contrário, os exercícios voltados para ganho de massa muscular podem agravar a situação, deixando as mamas ainda mais inchadas.

Por isso, as atividades mais recomendadas são caminhadas, alongamentos, Pilates e exercícios de peito com peso leve.

Uma vantagem das atividades físicas, é que alguns homens pensam ter ginecomastia, quando na verdade, só possuem gordura localizada nas mamas e, com os exercícios, ele perde totalmente esse volume. Ou seja, sendo a ginecomastia verdadeira ou não, o homem será beneficiado pela prática.

Em todo caso, a ginecomastia tem tratamento. Mesmo mudando os hábitos de vida e procurando formas de amenizá-la, procurar um médico para indicar o tratamento correto é uma ótima alternativa para devolver a autoestima do homem.