O que fazer no pós operatório da ginecomastia?

Tempo de leitura: 3 minutos

Considerada um dos melhores tratamentos de ginecomastia, a cirurgia de ginecomastia é recomendada para todos os pacientes que possuem ginecomastia e não é a toa: apresenta resultados definitivos, pois impede que a ginecomastia volte, já que retira as glândulas mamárias do paciente. Mas, apesar de ser um procedimento seguro e muito importante, muitos pacientes têm dúvidas sobre o que fazer no pós operatório de ginecomastia.

Pós-operatório de ginecomastia: é importante seguir as recomendações e informar qualquer sintoma ao médico

De fato, a cirurgia de ginecomastia é pouco invasiva, é feita com pequenas incisões e pode acabar em até 2h. Porém, até mesmo um procedimento considerado de pequenas proporções precisa ter uma recuperação correta, e isso depende do paciente! Inclusive, é muito importante que o paciente seja bem informado pelo médico do que é normal e o que não é, pois assim que sentir algum sintoma anormal como febre, muita dor e vermelhidão possa informar o especialista rapidamente e ser avaliado posteriormente. Sendo assim, o que fazer no pós operatório da cirurgia de ginecomastia? Confira!

Cuidado ao se movimentar

A cirurgia de ginecomastia passou por diversas modernizações, e hoje em dia, após 3 dias de repouso o paciente pode voltar a trabalhar, porém, não é recomendado levantar pesos e se movimentar bruscamente. Esse fator pode parecer um simples detalhe, mas se o paciente não segui-lo, pode sofrer sangramentos, ter hematomas e sentir dor mais forte do que o esperado.

Inclusive, fazer exercícios físicos, dirigir e realizar atividades repetitivas estão proibidos nas primeiras 2 semanas após a cirurgia. O paciente pode ter pressa, mas não é recomendado levantar peso antes do momento permitido. Uma cicatriz que é muito forçada pode demorar mais que o ideal para se cicatrizar, cuidado!

Use apenas os remédios receitados

Dor, inchaço e certa vermelhidão podem ocorrer logos nos primeiros dias após a cirurgia. O cirurgião irá recomendar os remédios certos e a quantidade ideal a ser tomada. Não é recomendado fugir dessas recomendações. A automedicação pode encobrir sintomas de infecção, inflamação e outros. Sendo assim, se estiver sentindo muita dor, procure o médico para novas recomendações.

Os remédios indicados pelo médico são essenciais para a recuperação adequada e no tempo certo! Exagerar pode causar dores de estômago e até mesmo efeitos colaterais.

Não exponha a cicatriz ao sol no primeiro mês

Mesmo que a cirurgia de ginecomastia aumente a autoestima do paciente e ele queira ir para a praia, clubes e até mesmo a piscina exibir seus resultados, não é bom expor as cicatrizes ao sol logo após a cirurgia. O sol pode causar quelóide e até mesmo irritação nas cicatrizes, que mesmo pequenas, não deixam de existir! Cuidado com esse fator, ele é importante por diversas questões.

Conte com o Dr. Wendell Uguetto

Ginecomastia é um problema que causa diversos incômodos para os pacientes, que em qualquer idade podem desenvolver essa incômoda desordem. Optar pela cirurgia como forma de tratamento não é motivo de vergonha e as cicatrizes são imperceptíveis.

Especializado em cirurgia de ginecomastia, o Dr. Wendell Uguetto possui toda a experiência necessária para tratar a sua ginecomastia da melhor forma possível! Utilizando de tecnologia de ponta e realizando centenas de cirurgias anualmente, sua ginecomastia estará com os dias contados. Aproveite e agende sua consulta hoje mesmo!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.