É possível tratar ginecomastia em casa?

Tempo de leitura: 2 minutos

Ao perceber o aumento anormal das mamas, o ideal é que o homem busque pelo tratamento da ginecomastia com um médico especializado. Infelizmente, nem sempre é o caso. Alguns homens possuem medo, não sabem o que está acontecendo ou até mesmo acham que isso é gordura localizada e que com o tempo pode passar. Mas é importante lembrar que a ginecomastia é uma doença e precisa de correto tratamento.

Afinal, pode fazer o tratamento da ginecomastia em casa?

Existem várias formas de tratamento para a ginecomastia, seja com medicação ou cirurgia. O tratamento só pode ser indicado por um médico, assim como a quantidade de medicação, indicação da cirurgia e recomendação de formas de tratamento não podem ser tomadas por alguém sem preparo. Inclusive, o médico precisa fazer exames e conhecer a história do paciente. Sendo assim, se auto medicar e tratar a ginecomastia em casa sem um parecer médico não é indicado. Entenda:

O que fazer ao descobrir a ginecomastia, então?

O homem ao descobrir quaisquer alterações sua mama não precisa se assustar ou ficar com medo. O ideal é buscar por ajuda do médico e seguir o tratamento corretamente. O tratamento dependerá da duração, tamanho e sintomas atrelados como dor e desconforto. Dessa forma, é preciso estudar o tipo de ginecomastia que está acontecendo, como por exemplo a ginecomastia transitória ou a causada por medicamentos. Mamas acima de 4 centímetros, por exemplo, indicam o caso de uma ginecomastia mais grave e que geralmente necessita de tratamento cirúrgico.

Caso a ginecomastia não se cure com o uso dos medicamentos, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica que cura esse problema para sempre, pois se caracteriza pela retirada completa das glândulas mamárias, deixando cicatrizes mínimas e recuperação rápida, sendo que em 3 dias o paciente pode voltar ao trabalho.

Se for preciso a cirurgia, o que saber sobre o pós operatório?

De acordo com as técnicas modernas, a recuperação dessa cirurgia está cada dia menor. Após a cirurgia de ginecomastia, leva em média duas semanas para o paciente poder retornar ao movimento normal completamente, apesar de em 3 dias poder já voltar ao trabalho. É também muito importante que o paciente utilize um colete no pós-operatório por cerca de 30 a 45 dias para melhorar a adesão da pele ao peito.

Esse colete, inclusive, só deve ser removido para um banho, que deve ser tomado um dia após o procedimento. O exercício deve ser retomado dentro de 30 dias após a remoção do colete cirúrgico. Evite fumar por pelo menos 15 dias após a cirurgia. Os cigarros interferem na cicatrização dos tecidos recém operados, pois afeta a circulação do sangue na região.

Conte com Dr. Wendell Uguetto!

Com o Dr. Wendell Uguetto, você vai receber todo o atendimento necessário para cuidar da sua Ginecomastia. Além disso, o Dr. Wendell possui toda a experiência necessária para fazer o correto tratamento e acompanhamento mensal e completo. Seu problema será retirado por completo!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.