Consumo de álcool e ginecomastia: qual a relação?

Tempo de leitura: 3 minutos

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas é prejudicial para a saúde de homens e mulheres. Afinal, a longo prazo o álcool pode comprometer o funcionamento de diferentes órgãos e partes do corpo, como pâncreas, fígado, estômago e cérebro, por exemplo.

Além disso, existe uma forte relação entre consumo de álcool e ginecomastia, que é o crescimento anormal das mamas masculinas. Por esse motivo, é importante esclarecer de qual forma as bebidas com teor alcoólico podem afetar nossa saúde.

Consequências do consumo excessivo de álcool

O consumo de bebidas alcoólicas muitas vezes é encarado como um compromisso social. Ou seja, como motivação para encontros familiares e entre amigos. Mas, embora um copo de cerveja uma vez ou outra não faça mal algum, o excesso é extremamente prejudicial. 

Para entender a relação entre consumo de álcool e ginecomastia, primeiramente é importante entender como as bebidas alcoólicas afetam o nosso organismo.

Cérebro 

O consumo excessivo de álcool pode afetar o sistema nervoso, aumentando os riscos de danos cerebrais e deterioração cognitiva. Esse tipo de consequência pode ser observado tanto a curto quanto a longo prazo.

Coração 

Da mesma forma, o consumo excessivo de álcool pode aumentar os riscos de o indivíduo desenvolver cardiopatias, que são doenças que acometem o músculo cardíaco, assim como hipertensão e aumento do colesterol.

Estômago 

O estômago é outro dos órgãos que pode ser afetado pelo excesso de álcool. Isso porque as bebidas alcoólicas podem causar uma inflamação no revestimento do estômago, resultando em gastrites e úlceras.

Pâncreas 

O pâncreas é uma glândula conhecida por ser responsável pela produção de insulina. A pancreatite, inflamação do pâncreas, é uma das consequências do abuso de álcool e pode prejudicar outras funções importantes do corpo. 

Fígado

O fígado é o órgão mais afetado. A esteatose (acúmulo de gordura no fígado), a hepatite e a cirrose, por exemplo, são doenças causadas pelo excesso de álcool. Aqui também entra a relação entre consumo de álcool e ginecomastia. Vamos explicá-la melhor a seguir.

Entendendo a relação entre consumo de álcool e ginecomastia

Entendendo a relação entre consumo de álcool e ginecomastia

O fígado é um órgão que atua na metabolização de hormônios, principalmente na conversão de andrógenos (hormônios masculinos) em estrogênio (hormônio feminino) e esses hormônios estão diretamente relacionados à hipertrofia das mamas em homens.

Já a pseudoginecomastia, que é o aumento das mamas pelo acúmulo de tecido adiposo, pode ser causada por excesso de peso, outra consequência do excesso de álcool, e não tem relação com hormônios e glândula mamária. 

A relação entre consumo de álcool e ginecomastia deve ser levada em conta antes de qualquer tratamento para promover a redução das mamas masculinas. 

Desse modo, antes que haja indicação da cirurgia de correção da ginecomastia, é fundamental que o paciente diagnosticado com ginecomastia verdadeira ou pseudoginecomastia seja tratado previamente em relação ao alcoolismo e abuso de álcool. 

Consulte um especialista em ginecomastia

O Dr. Wendell Uguetto é cirurgião plástico especialista na correção da ginecomastia e está preparado para esclarecer suas dúvidas sobre consumo de álcool e ginecomastia. Para mais informações, agende uma consulta. 

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.

O que é Ginecomastia?
Causas da Ginecomastia
Graus da Ginecomastia
Tratamento para Ginecomastia
Cirurgia de Ginecomastia