Qual a importância de usar o colete após a cirurgia de ginecomastia?

Tempo de leitura: 3 minutos

A cirurgia é o modo de tratamento para ginecomastia mais conhecido e também mais eficaz, sendo considerado um dos únicos tratamentos oficiais para tratar o problema de ginecomastia. Por se tratar de um procedimento invasivo, é necessário seguir o pós operatório corretamente.

Tratamento para ginecomastia: uso do colete pós operatório

Um dos principais cuidados após a cirurgia a ginecomastia é utilizar corretamente o colete pós operatório, para que o inchaço diminua, e a cicatrização seja feita da melhor maneira. Para isso, o uso do colete pós cirúrgico é essencial para que a recuperação seja ótima. Confira tudo sobre o colete pós cirúrgico!

Afinal, o que caracteriza um colete pós cirúrgico?

Feito de elastano e poliamida, o colete pós cirúrgico é elástico e muito resistente, além de ser confortável, por ser feito de materiais especiais para uma recuperação de procedimento.
Indicada para ser usada diariamente por 1 mês logo após a cirurgia, a cinta cirúrgica serve para apertar a região da cirurgia, diminuindo inchaços e possíveis acúmulos de líquidos.

O colete possui aberturas laterais, assim como é de fácil utilização. Outra característica única desse produto é que suas costuras são externas, evitando marcas e desconfortos no local que foi recém operado. Lembre-se: ele é confeccionado com dupla proteção, sendo assim um produto de bastante compressão e até mesmo proteção da cirurgia.

São separados em tamanhos variados, para melhor se adequar ao corpo do paciente, inclusive, a cinta não pode ser apertada demais, assim como não pode ser larga, pois não haverá compressão adequada.

Por que usar colete pós cirúrgico?

Além do fato citado anteriormente de evitar inchaços, o colete pós cirúrgico possui outros diversos benefícios. Usado para evitar inchaços, acúmulo de líquidos e de sangue (hematoma), o colete também é ideal para modular a região e fazer com que a cirurgia atinja exatamente o objetivo do paciente de perder as mamas masculinas. Com a compressão ideal, a pele irá se adequar ao novo formato, e a ginecomastia deixará de existir completamente.

Por último e não menos importante, a cinta pós cirúrgica protege a região, além de ser discreta, sendo facilmente escondida por dentro das roupas. Além disso, as fábricas produzem cintas com cores neutras, parecidas com o tom de pele do paciente.

Faça sua cirurgia de ginecomastia

Não há motivo para ter medo e evitar tratar algo que incomoda muito e afeta na auto estima, não é mesmo? Como mostrado nesse texto, a cirurgia é rápida e o pós operatório não é difícil, sendo essencial usar o colete pós operatório para que tudo saia corretamente. Lembre-se: apenas a cirurgia é o tratamento que retira por completo a ginecomastia.

Conte com o Dr. Wendell Uguetto

Com o Dr. Wendell Uguetto, você vai receber todo o atendimento necessário para cuidar da sua Ginecomastia. Além disso, através de um exame completo e detalhado, prescrição médica do tratamento e acompanhamento mensal e completo seu problema será retirado por completo.

Faça já sua avaliação com o Dr. Wendell Uguetto!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.