Câncer de mama masculino

Tempo de leitura: 3 minutos

Embora esta seja uma ocorrência muito rara em homens, o câncer de mama masculino pode acontecer. Há uma quantidade pequena no tecido da mama dos homens que não tem nenhuma função e que é sujeita as mesmas alterações dos tecidos das mulheres. Por isso há uma chance de homens desenvolverem câncer de mama.

Essa normalmente não é uma condição verificada em exames de rotina, a menos que haja suspeita de problema, como o surgimento de ginecomastia, por exemplo.

Faça exames rotineiros

É por isso mesmo que você deve fazer exames de rotina com o propósito específico de descartar a possibilidade de desenvolver câncer de mama ao primeiro sinal de aumento dos peitos. Raramente a conclusão imediata é câncer de mama.

Mamografias não são procedimentos que os homens realizam com a mesma frequência que as mulheres. Mas se o seu médico dá ordens para tentar chegar ao fundo de um problema que é intrigante a ele, esta é uma boa ideia e você deve obedecer a ordem médica.

Se houver um histórico familiar muito forte de câncer de mama, há uma necessidade de um acompanhamento especializado que vai lhe dar paz de espírito, bem como afastar quaisquer possibilidades de câncer de mama.

Tipos de exames de câncer de mama masculino

A mamografia utiliza raios-x para mostrar as imagens de tecido mamário. Este é um teste mais preciso para os homens do que para as mulheres. Devido à densidade do tecido da mama em mulheres, a diferença entre o tecido normal e tecido anormal é difícil de observar com precisão.

A compressão de suas mamas entre as placas de plástico é o teste basicamente. Isso permite a tirada do raios-x que será lido pelo seu médico.

Outro teste é o ultra-som de mama. Estes são normalmente utilizados depois de ver algo que não parece certo no teste de mamografia. Estes testes podem ser usados ​​em homens que têm os peitos aumentados sem nenhuma causa aparente.

Então, não entre em pânico, porque isso não significa que você tem câncer. O médico apenas está utilizando todos os testes disponíveis para obtenção de respostas.

Se o médico, no entanto, encontrar algo que pareça fora do lugar, ele irá pedir uma biópsia do nódulo do local do crescimento. Este é um teste que é utilizado para ver se existem células malignas presentes. Se assim for, outro teste pode ser realizado e é chamado de teste de HER2, trata-se da abreviatura de “Human Epidermal growth factor Receptor-type 2”, ou seja, receptor tipo 2 do fator de crescimento epidérmico humano. Em quantidades normais, essa proteína tem um papel importante no crescimento e desenvolvimento de uma vasta categoria de células, designadas por células epiteliais.

Esta é uma proteína que faz com que as células cancerosas cresçam. Aproximadamente 30% dos homens com câncer da mama têm HER2.

Este tipo de câncer é muito agressivo e de crescimento rápido. Caso seja verificada a sua presença, o próximo passo é realizar o tratamento com Herceptin. Isso irá controlar a proteína e impedir as células cancerosas de crescerem.

Outro teste que o seu médico pode realizar para averiguar a presença de células malignas, é o teste de receptor que verifica a existência de estrogênio e progesterona. Aproximadamente 90% dos homens que têm câncer de mama têm receptores de estrogênio e 80 % têm receptores de progesterona.

Enfim, o importante é manter-se informado sobre a sua condição e ligar com a ginecomastia de forma atenciosa para que nada de mais grave ocorra.

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.