Anatomia da mama masculina: entenda como a ginecomastia se desenvolve

30/11/2021

O desenvolvimento das mamas é uma das características mais marcantes quando se fala nas diferenças físicas entre o sexo masculino e o sexo feminino, não é mesmo? Afinal, o “normal” é que as mulheres tenham seios desenvolvidos, ao contrário dos homens.

No entanto, diferentes situações podem provocar o crescimento das mamas masculinas. A ginecomastia, por exemplo, é bastante comum, embora não seja considerada grave, e é caracterizada pela hipertrofia, ou seja, o crescimento anormal de seios em homens. 

Sendo assim, é importante esclarecer as diferenças entre a anatomia da mama masculina e a anatomia da mama feminina para entender, primeiro, porque os homens não apresentam seios desenvolvidos e, posteriormente, como a ginecomastia se desenvolve.

Um pouco de anatomia e as diferenças fisiológicas entre homens e mulheres

Até o início da puberdade, meninos e meninas apresentam uma pequena quantidade de tecido mamário, composta por alguns ductos localizados sob o mamilo e a aréola. Mas, durante a puberdade, a ação dos hormônios modifica essa característica.

Nas meninas, os ovários começam a produzir hormônios femininos que desenvolvem os ductos, os lobos e aumentam a quantidade de estroma. Já nos meninos, os hormônios produzidos pelos testículos impedem que o tecido mamário se desenvolva

Por essa razão, antes de falar sobre como a ginecomastia se desenvolve, a título de comparação, primeiramente vamos analisar as principais semelhanças e diferenças entre a anatomia da mama feminina e a anatomia da mama masculina.

Mama feminina

A mama feminina, assim como a mama masculina, é um órgão par que fica apoiado sobre o músculo peitoral maior. No que diz respeito a composição da anatomia da mama feminina, o órgão é composto por lobos, ductos e por estroma.

Os lobos são as glândulas produtoras de leite, enquanto os ductos são pequenos tubos responsáveis pelo transporte do leite produzido pelos lobos até o mamilo. Por sua vez, o estroma, composto por tecido adiposo e conjuntivo, envolve os ductos e os lobos.

Mama masculina

No caso dos homens, a anatomia da mama masculina é diferente. Enquanto nas mulheres as estruturas se desenvolvem durante a puberdade, adolescência e gravidez, nos homens as estruturas das mamas permanecem rudimentares e subdesenvolvidas.

Sendo assim, as mamas dos homens apresentam ductos pequenos, sem a presença de lóbulos e alvéolos, com pouca quantidade de tecido fibroadiposo. Já a aréola geralmente é bem desenvolvida, mas a papila mamária é pequena em comparação com a das mulheres.
O que causa a ginecomastia em homens?

O que causa a ginecomastia em homens?

causa a ginecomastia

Agora que as diferenças entre a anatomia da mama feminina e da mama masculina foi estabelecida, já é possível falar sobre como a ginecomastia se desenvolve. Inicialmente, é importante destacar que a mama é formada por tecidos glandular, conjuntivo e adiposo.

Desse modo, é possível dizer que a ginecomastia verdadeira é um distúrbio que acomete apenas homens e é caracterizado pelo aumento anormal e excessivo das mamas, causado pelo desenvolvimento exacerbado de uma ou ambas as glândulas mamárias.

É importante lembrar que o acúmulo de tecido adiposo (gordura), também pode causar o aumento das mamas. Neste caso, temos o que é chamado de pseudoginecomastia. A presença de gordura e glândula pode acometer uma mesma pessoa.

De modo geral, a ginecomastia se desenvolve nas fases em que ocorrem maiores mudanças hormonais, como infância, adolescência e velhice. Nos dois primeiros casos, é muito comum que a condição desapareça espontaneamente. 

Sintomas

A ginecomastia nem sempre apresenta sintomas, apenas o aumento das mamas que pode ser perceptível apenas para o próprio homem, ou então, também para terceiros. Dores e sensibilidade na região podem acometer alguns pacientes.

Graus

Basicamente, a ginecomastia pode ser classificada em grau 1, grau 2 ou grau 3. Tudo vai depender da quantidade e das características do tecido mamário presente na mama. O grau 3 é o mais avançado e a remoção das glândulas é a opção mais viável.

Tratamentos

Ginecomastia tem tratamento: o tratamento medicamentoso, que visa controlar a questão hormonal, e o cirurgia de ginecomastia, que tem o objetivo de extirpar as glândulas mamárias e, caso necessário, remover o excesso de gordura das mamas.

Qual profissional é indicado para tratar a ginecomastia?

tratar a ginecomastia

Essa é uma pergunta muito comum entre homens com ginecomastia. O estudo, o diagnóstico e o tratamento das doenças que acometem as mamas masculinas e femininas é feito por um profissional chamado de mastologista, que é o especialista em mamas. 

Entretanto, como a ginecomastia está relacionada com alterações hormonais, é comum que os pacientes diagnosticados com a condição sejam atendidos por um endocrinologista, especialista em doenças relacionadas aos hormônios produzidos pelo organismo humano. 

Além disso, existem pacientes que não respondem bem ou não podem, por motivos diversos, realizar o tratamento medicamentoso da ginecomastia. Nesses casos, a cirurgia é uma opção que deve ser avaliada por um cirurgião plástico especializado em ginecomastia.

Embora a ginecomastia seja, na maioria dos casos, transitória em crianças e adolescentes, é fundamental deixar claro que é possível realizar a cirurgia nesses pacientes, especialmente quando a condição traz intenso sofrimento físico e psicológico.

Consulte o Dr. Wendell Uguetto e saiba mais sobre a cirurgia de ginecomastia

A ginecomastia é disparada uma das principais condições que levam pacientes do sexo masculino aos consultórios de cirurgia plástica. Afinal, a doença afeta profundamente a autoestima, causando até mesmo depressão e ansiedade, principalmente na adolescência.

Por essa razão, é uma condição que merece atenção especializada para evitar danos psicológicos e evitar danos à qualidade de vida do paciente. Se você ainda tem dúvidas sobre o desenvolvimento da ginecomastia e seu tratamento, busque ajuda profissional.

O Dr. Wendell Uguetto é médico cirurgião plástico especialista em cirurgias para homens com ampla experiência na correção cirúrgica da ginecomastia. Entre em contato, agende uma consulta e tire suas dúvidas em uma avaliação individualizada do seu caso.

3/5 Plural: (2 Análises)
Leia mais