4 formas de melhorar sua autoestima

Tempo de leitura: 3 minutos

Existem inúmeras coisas que podem afetar a autoestima de uma pessoa. Seja o seu desempenho no trabalho, como também o relacionamento com a família ou parceiro(a), a forma que a pessoa se sente ou insatisfação com algo em sua vida.

Não há como dizer o que vai ou não afetar a autoestima e quais as consequências geradas com isso. Por isso, é recomendável cuidar da sua saúde mental, com atenção ao que lhe deixa inseguro ou pouco confiante.

Para os homens, a aparência física pode ser um fator agravante. Desta forma, muitos podem buscar pela solução nas academias ou escondendo as características físicas que o incomodam.

Como a ginecomastia afeta a autoestima

A ginecomastia é uma enfermidade que tem como principal sintoma o aumento excessivo das mamas. Isso afeta diretamente no aspecto físico do homem, sendo umas das principais causas da queda de autoestima.

Desta forma, o homem se sente desconfortável para retirar a camiseta em frente as outras pessoas ou um modelo mais justo, por não ter o corpo tão almejado pelo sexo masculino. Além disso, sua segurança fica abalada, afetando em seu relacionamento interpessoal.

Geralmente, esta enfermidade é causada por desequilíbrios hormonais, não tendo o aumento de peso como ponto essencial. Assim, alguns homens tentam incessantemente reduzir o peso com dietas e exercícios, de forma que acabam ainda mais frustrados, por não alcançarem os seus resultados.

Tratamento para a ginecomastia

A ginecomastia tem cura. Para tal, existem dois tipos de tratamentos: medicamentoso e cirúrgico, ambos são rápidos, seguros e indolores. Sendo assim, o paciente tem uma solução bastante acessível, dando fim ao seu sofrimento rapidamente.

Para entender qual o tratamento mais adequado para a sua ginecomastia é preciso agendar uma consulta com um médico especializado no assunto, que dará o melhor diagnóstico.

Em paralelo ao tratamento, é importante também que o paciente cuide de sua autoestima. Confira abaixo algumas dicas:

Como melhorar a autoestima

1 – Reconhecer suas qualidades

O primeiro passo é reconhecer todas as coisas que você tem de bom. Faça uma lista de todas as coisas que admira em você, pode ser físicas, emocionais ou intelectuais, anote tudo. Se tiver dificuldades no início, não desista, pois conforme você aprimora o autoconhecimento, mais fácil fica para encontrar suas qualidades.

2 – Ser otimista

Ver o lado bom das coisas ajuda a abrir a sua mente para o mundo ao seu redor. Tente fazer um exercício: logo que acordar, liste mentalmente 3 coisas boas que podem acontecer no seu dia, podem ser pensamentos como “Hoje vai fazer sol…” até “Vou passar em frente aquele jardim que eu gosto…”. Isso ajuda você a aliviar a ansiedade e tirar o foco do que não te faz bem.

3 – Entender o que te afeta

Reconhecer qual o motivo da sua insatisfação é um passo importante para encontrar um solução. Caso você ainda não saiba por que está inseguro ou triste, faça uma análise para identificar os motivos. No caso quem tem ginecomastia, a melhor alternativa é buscar ajuda médica e o tratamento correto o quanto antes.

4 – Ignorar o que te faz mal

Diariamente recebemos críticas, reclamações ou desagradamos alguém por algum motivo. Isso é comum, mas nem sempre o que dizem é verdade. Desta forma, ignore comentários negativos que fazem você se sentir ainda pior.

Para entender melhor o tratamento de ginecomastia e recuperar sua autoestima, agende uma consulta com o Dr. Wendell Uguetto!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.