Tudo sobre lipoaspiração

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Hoje em dia, a busca por um corpo mais bonito é algo cada vez mais comum. A quantidade de cirurgias plásticas realizadas ao redor do mundo tem crescido tanto para homens quanto para mulheres, e o Brasil é um dos países em que mais são realizados procedimentos do tipo. No meio da diversidade de cirurgias possíveis, um procedimento bastante realizado é a lipoaspiração.

O que é?

A lipoaspiração é uma cirurgia plástica para remover tecido gorduroso localizado em determinadas partes do corpo, como barriga, coxas, flancos e braços. Além da lipoaspiração, também é possível realizar a lipoescultura, procedimento em que a gordura retirada de uma localidade pode ser aplicada em outra, melhorando o contorno corporal.

Quando é indicada?

A lipoaspiração é indicada para pessoas que estão incomodadas com o acúmulo de gordura em partes específicas do corpo, e não para casos em que a gordura está generalizada pelo corpo. Quando as pessoas não conseguem eliminar a gordura por meio da dieta e dos exercícios físicos, recorrem à lipoaspiração. Um exemplo bastante comum de lipoaspiração ocorre na cirurgia para ginecomastia, em que a retirada da gordura localizada ajuda o cirurgião a isolar a glândula mamária para que seja removida.

Como é realizada?

Primeiramente, é fundamental escolher um cirurgião plástico de confiança, em um ambiente com toda a infraestrutura necessária para a realização do procedimento. A lipoaspiração é uma cirurgia simples:

  1. O cirurgião delimita na pele o local em que será realizada a lipoaspiração;
  2. É aplicada anestesia local, peridural ou geral;
  3. São feitos buraquinhos discretos por onde é inserido um pequeno tubo;
  4. Através dessa cânula, o cirurgião faz a sucção da gordura do local.

Como é o pré-operatório?

Antes da realização da cirurgia, devem ser realizados exames de sangue para identificar as condições gerais de saúde do paciente, evitando que se corram riscos. Qualquer alteração, mesmo que seja um simples resfriado, pode prejudicar a recuperação. A recomendação médica é de que se fique em jejum oito horas antes do procedimento, seguindo uma dieta líquida nos dois dias anteriores.

Recuperação e resultados

Após a cirurgia, é normal que a região fique dolorida e inchada, voltando ao normal gradativamente. Nesse período, os médicos podem prescrever antibióticos e medicamentos que amenizam a dor. Os pontos da cirurgia geralmente são removidos após uma semana do procedimento. A utilização de uma cinta modeladora pode se fazer necessária.

Apesar dos sacrifícios, os resultados obtidos são satisfatórios e os pacientes ficam mais felizes com seus corpos, fator que reflete na autoestima. Após um mês, o inchaço já diminuiu consideravelmente e fica mais fácil perceber a mudança. Entretanto, o aspecto definitivo só é estabelecido seis meses depois da realização da lipoaspiração.

Comentários do Facebook