Mitos sobre a ginecomastia

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Como acontece com quase toda enfermidade, ainda mais as que se manifestam física e visualmente, a ginecomastia é cercada de exageros e inverdades que contribuem apenas para piorar o preconceito e o desconforto psicológico que quem a possua. Mesmo em tempos de informação instantânea graças à internet e a existência de profissionais de saúde dispostos a esclarecer virtualmente esse tipo de questão, em adição ao trabalho já realizado nos consultórios, algumas ideias pré-concebidas sobre o crescimento das mamas masculinas infelizmente continuam a se propagar, contribuindo de forma negativa para o transtorno causado pela mesma.

Dessa forma, direcionar o foco da verdade a esse tipo de afirmação apregoada tanto pela internet quanto nas conversas do dia a dia, é tão importante quanto o efetivo tratamento da ginecomastia em si.

Inverdades

Câncer de Mama Masculino

Uma das mais conhecidas lendas sobre a enfermidade diz respeito ao aparecimento da mesma estar ligado ao câncer de mama masculino. Conforme dito anteriormente nos artigos publicados neste site, a ginecomastia não causa nenhum tipo de dano ao organismo que não em termos estéticos e consequentemente psicológicos. Por si só, o câncer de mama masculino é uma condição rara, com seu aparecimento estando totalmente desvinculado do crescimento das mamas conforme tratamos aqui. Em todo caso, o profissional a ser consultado para a detecção da ginecomastia fará um minucioso exame da região afetado para a constatação do crescimento da mesma, fazendo com que condições que não a esperada possam ser detectadas nesse procedimento.

Outra contradição sobre a enfermidade tem a ver com a possibilidade da ginecomastia poder ser eliminada através de exercícios físicos, como se o desenvolvimento da região tivesse unicamente a ver com acúmulo de gordura. Como já dito anteriormente, a condição tem primordialmente a ver com o crescimento da glândula mamária. O exercício pode fazer até mesmo que esse desenvolvimento fique mais notável, como acontece no caso de fisiculturistas – bem como pela ação de anabolizantes que possam interferir com os hormônios do corpo.

Um terceiro suposto fato a respeito da doença é de que a mesma seria causada unicamente por fatores genéticos. Conforme já explicado em textos anteriores de nosso site, diversos fatores podem ser os responsáveis pelo crescimento anormal das mamas dado o fato de que se trata de uma questão de desequilíbrio hormonal; assim sendo, substâncias como drogas, remédios e anabolizantes e até mesmo reações corporais ligadas diretamente à idade no qual o paciente se encontra podem ser a causa do problema.

Esclarecimento

Estes são apenas alguns dos mitos que circulam a respeito da ginecomastia, com diversas outras supostas afirmações – como uma ligação direta entre o crescimento da mama e a masturbação, por exemplo – tendo sido erroneamente aceitas como verdade por uma parcela considerável das pessoas. Independentemente de o quanto este tipo de superstição possa estar difundido em nossa sociedade, o mais correto a fazer para tirar todo tipo de dúvida a respeito dessa condição é justamente consultar um profissional adequado e especializado para este fim. Fique tranquilo, ginecomastia tem cura e esta se encontra ao seu alcance.

Comentários do Facebook