Mamilo plano e Ginecomastia têm relação?

                 

A irregularidade no tamanho da mama é um fator comum tanto no universo masculino quanto no feminino. Para homens, ter mamas maiores pode ser sinônimo de baixa autoestima e problemas psicológicos, impedindo-os de ir à praia ou realizar atividades sem camisa. Essa questão possui diferentes origens e, por isso, geram uma dúvida frequente: mamilo plano e ginecomastia têm relação? 

Devido ao fato de a ginecomastia ser mais discutida e popular, muitas pessoas associam o aumento das mamas em homens à ela. Em contrapartida, pode ser que, em alguns casos, seja mamilo plano e não uma questão hormonal, como é o caso da ginecomastia. Sabendo disso, detalhamos abaixo o que é cada um e desmistificamos a relação entre os dois.

O que é mamilo plano? 

O mamilo plano consiste na sobressaliência das mamas, deixando o volume da mama no mesmo da aréola – como é chamada a parte marrom. Esse fator não é considerado uma doença e pode ser registrado tanto em mulheres quanto em homens. Para os homens, essa equidade no tamanho da mama com a auréola pode causar desconforto ou insegurança. 

Essa superfície plana na região das mamas ganha o nome de mamilo plano justamente por estar no meio termo entre o muito volumoso e o invertido. Quando registrado em mulheres, deve ser estimulado ao aumento e, quando registrado em homens, deve ser estimulado a diminuir.

O que é a ginecomastia? 

A ginecomastia, por sua vez, consiste em uma disfunção hormonal exclusivamente do corpo masculino. Uma vez que o feto é exposto ao hormônio feminino durante a gravidez, esse organismo tende a produzir menos testosterona e mais estrogênio. Dessa forma, a glândula mamária tende a aumentar e a região das mamas se torna mais saliente, gerando, assim, o que chamamos de ginecomastia. 

Embora não apresente nenhum risco à saúde diretamente, a ginecomastia pode ser fonte de inseguranças e problemas psicológicos para milhares de homens ao redor do mundo. Ela é muito comum na adolescência, fase onde a produção de hormônios pode ser desregular e mais intensa.

Causas da ginecomastia 

Como citamos anteriormente, a ginecomastia tem como causa primária a disfunção hormonal. Isso acontece quando o homem é exposto a hormônios femininos mais do que ao masculino. Esse fator pode ocorrer ainda durante a gestão, quando o bebê está sendo formado, ou até mesmo depois de adulto. 

Quando a ginecomastia acontece já na fase adulta ela pode se dar por meio de ingestão de esteróides ou anabolizantes, quimioterapia, efeitos e reações a medicamentos, insuficiência renal e outros. A falta de testosterona no organismo também é uma causa frequente da ginecomastia. Portanto, é sempre importante estar atento aos indícios físicos e procurar um médico especialista em ginecomastia. 

Qual a relação da ginecomastia com mamilo plano? 

Dados os fatos sobre cada um dos fatores apresentados, tanto o mamilo plano quanto a ginecomastia, podemos afirmar que eles não possuem relação direta. O mamilo plano pode ser confundido com a ginecomastia ainda no princípio, uma vez que ele consiste no  aumento mínimo da região da mama masculina.

Mamilo Plano e Ginecomastia tem relação

Ainda assim, é importante se atentar aos sinais dados pelo próprio organismo. Se a modificação no tamanho da região permanecer, não hesite em entrar em contato com quem entende do assunto. Além disso, há a possibilidade do mamilo plano ser considerado uma pseudoginecomastia, outro conceito que vale a pena discutirmos. 

O que é a pseudoginecomastia? 

A pseudoginecomastia ganhou esse nome justamente por ser interpretada por muitos homens como a ginecomastia tradicional. A ginecomastia é causada por questões hormonais, seja pela falta de testosterona ou excesso de progesterona. A pseudoginecomastia, por sua vez, consiste no excesso de tecido adiposo na região da mama. 

Esse excesso de tecido adiposo – ou gordura – causa o aumento da mama de homens que, em sua maioria, apresentam sobrepeso ou obesidade. Portanto, é importante se atentar a esses fatores e saber diferenciar a ginecomastia, o mamilo plano e a pseudoginecomastia. Os três possuem estéticas parecidas, mas têm causas, tratamentos e consequências diferentes.  

Ginecomastia tem tratamento? 

Agora que já sabemos mais sobre a relação entre o mamilo plano e a ginecomastia, é importante lembrarmos que o diagnóstico profissional é sempre a melhor saída para qualquer problema de saúde. Portanto, não fique na dúvida entre mamilo plano ou ginecomastia: tire a prova com um médico e fique tranquilo, porque a ginecomastia tem, sim, tratamento eficaz. 

O tratamento da ginecomastia pode ser feito de duas formas possíveis: medicamentosa ou intervenção cirúrgica. O tratamento medicamentoso consiste na ingestão de hormônios capazes de reverter o quadro da ginecomastia. Essa opção é válida apenas em graus mais leves de ginecomastia ou quando o paciente não está com urgência para a resolução.

No caso da ginecomastia de grau 2, quando a ginecomastia está mais desenvolvida e o paciente deseja resultados mais imediatos, a cirurgia é mais recomendada. A cirurgia de ginecomastia é um processo simples e de fácil recuperação. Em alguns casos ela pode ser feita até mesmo como uma lipoaspiração. Basta consultar com os profissionais certos.  

Consulte o Dr.Wendell para qualquer dúvida sobre a ginecomastia  

Quer saber mais ainda sobre a ginecomastia e se consultar sobre o assunto com quem entende dele há anos? Entre em contato com a equipe do Dr.Wendell Uguetto, médico especialista em ginecomastia. Ele está no mercado há anos e garante resultados eficazes e seguros para todos os seus pacientes. Diga adeus de uma vez por todas à insegurança estética! 

Leia mais