Ginecomastia Na Puberdade: Quanto Tempo Dura?

                 

A ginecomastia consiste no acúmulo do tecido da glândula mamária. Esse acúmulo resulta na hipertrofia (ou aumento) das mamas masculinas, causando desconforto, questões de autoestima e, em alguns casos, problemas de saúde. A ginecomastia também está diretamente ligada à produção de hormônio masculino, mais especificamente à falta de testosterona no organismo. 

Uma vez que a principal causa da ginecomastia é a baixa produção de testosterona, os mais acometidos por ela são adolescentes. É normal que a produção de hormônios seja irregular e não-padronizada entre jovens ao redor de todo mundo. Por isso, muitos garotos perguntam quanto tempo dura a ginecomastia na puberdade e se vão se livrar dela logo mais.

Adolescentes homens entre 12 e 15 anos são os mais afetados pela ginecomastia. A adolescência já é um período de descoberta do próprio corpo e que gera um turbilhão de dúvidas entre a maioria. Ter mais um fator de preocupação não é nada bom. Sabendo disso, vamos responder à pergunta-chave deste contexto: quanto tempo dura a ginecomastia na puberdade?

Quanto tempo dura a ginecomastia em adolescentes? 

Durante a puberdade, a ginecomastia pode aparecer espontaneamente. Ela é extremamente comum nessa fase da vida, mas ainda assim muitos jovens se perguntam quanto tempo dura e se as mamas diminuem com o tempo. A verdade é que, por se tratar de uma questão hormonal e que varia de pessoa para pessoa, não existe uma resposta genérica. 

Alguns adolescentes produzem uma quantidade reduzida de testosterona entre 12 e 15 anos e desenvolvem um grau mais baixo de ginecomastia. Ainda assim, pouco tempo depois essa produção se normaliza. Outros adolescentes passam por um processo hormonal diferente, desenvolvendo pouca testosterona ao longo dos anos e, consequentemente, aumentando a quantidade de tecido da glândula mamária. 

Em casos de desregulação hormonal, a ginecomastia permanece por mais tempo (se estendendo para além da puberdade) e demanda observação clínica e acompanhamento médico. O mais recomendado é a busca por especialistas da área e, em casos mais avançados, um cirurgião plástico para homens. 

Ginecomastia na puberdade

Existe tratamento para a ginecomastia? 

A ginecomastia pode ser curada e possui tratamentos eficazes, desde que realizados por profissionais especializados e que entendem do assunto. Em casos de ginecomastia mais branda, o tratamento hormonal pode ser o suficiente e garantir o bem-estar de muitos. O acompanhamento médico é indispensável para o controle da medicação. 

Para casos mais avançados, a correção cirúrgica se apresenta como uma opção segura e viável. Ela deve ser realizada por um médico cirurgião plástico reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Exigir essas licenças garante a segurança e eficácia no tratamento da ginecomastia. 

Dr.Wendell Uguetto é referência no tratamento da ginecomastia na puberdade 

Seja na puberdade ou na fase adulta, a ginecomastia pode se fazer presente no universo masculino. Se você procura um atendimento especializado, entre em contato com o Dr.Wendell Uguetto. Marque sua consulta e receba o devido atendimento, além de realizar uma série detalhada de exames e garantir o acompanhamento mensal. Recupere sua autoestima e se livre de uma vez por todas da ginecomastia. 

Leia mais