Como diferenciar a pseudoginecomastia e a ginecomastia verdadeira?

Tempo de leitura: 3 minutos

A ginecomastia é uma condição que afeta exclusivamente homens, de todas as idades, e consiste no aumento excessivo e anormal das mamas. Em geral, é consequência de um desequilíbrio hormonal que afeta os níveis de testosterona e estrogênio no organismo.

Embora a ginecomastia seja, em boa parte dos casos, de origem benigna e mais frequente do que se imagina, causa problemas de fundo psicológico, afetando a autoestima e a qualidade de vida dos pacientes, e deve ser acompanhada por um médico.

Por essa razão, é importante esclarecer as principais dúvidas sobre o tema, identificando os mitos e verdades sobre ginecomastia. Acompanhe.

Ginecomastia dói? VERDADE

Nem todo paciente com ginecomastia sente dor na região das mamas. Mas, é verdade: ginecomastia dói em alguns casos. A ginecomastia pode causar dor constante ou apenas quando a região das mamas é tocada, pressionada ou apalpada.

Desse modo, muitas vezes o tratamento da ginecomastia pode ser exclusivamente medicamentoso. O tratamento medicamentoso da ginecomastia tem como objetivo regular os níveis hormonais e reduzir a dor e o desconforto causados pela condição.

Ginecomastia é acúmulo de gordura. MITO

Essa é uma confusão muito comum quando o assunto é ginecomastia. No entanto, a ginecomastia verdadeira é consequência de desequilíbrios hormonais que causam aumento das glândulas mamárias e não do tecido adiposo.

Por sua vez, o acúmulo de gordura resulta na pseudoginecomastia, condição associada ao excesso de peso e a obesidade. Apesar disso, é importante ressaltar que a ginecomastia verdadeira pode ser mista, ou seja, apresentar componente glandular e adiposo.

A cirurgia de ginecomastia é definitiva. VERDADE

A cirurgia de ginecomastia é considerada o principal e verdadeiro tratamento para a condição. Isso porque o procedimento consiste na remoção da glândula mamária e do excesso de pele e gordura, caso seja necessário, presentes na região das mamas.

No caso da pseudoginecomastia, a remoção pode ser feita por lipoaspiração tradicional ou a laser. Já na remoção da glândula mamária, o tipo de tratamento cirúrgico varia de acordo com o grau de hipertrofia da mama e da quantidade de sobra de pele no local.

Atletas e fisiculturistas não sofrem com ginecomastia. MITO

O excesso de atividade física, em especial musculação, como é comum na prática do fisiculturismo (modalidade esportiva da musculação), pode causar a hipertrofia excessiva da glândula mamária, resultando na ginecomastia masculina.

Além disso, o uso de esteroides, anabolizantes e outras substâncias ilícitas é muito comum entre os praticantes da modalidade e contribui para que os níveis hormonais fiquem desregulados, causando o aumento do volume das mamas.

Adolescentes podem fazer o tratamento cirúrgico. VERDADE

A ginecomastia costuma sumir espontaneamente, principalmente na adolescência. Afinal, nessa fase da vida pode ocorrer um atraso no aumento de testosterona no organismo, fazendo com que o excesso de estrogênio cause o aumento das mamas. 

Por esse motivo, a cirurgia tende a ser indicada para pacientes adultos, com ginecomastia estabelecida que não reverteu naturalmente ou com o uso de medicamentos. Ainda assim, pode ser adiantada para adolescentes com intenso sofrimento físico ou psicológico.

Agende uma avaliação e tire suas dúvidas sobre ginecomastia

Ainda tem dúvidas sobre ginecomastia? O ideal é agendar uma avaliação com um especialista. No caso da cirurgia, saiba que o procedimento é realizado por um cirurgião plástico. Para mais informações, marque uma consulta com o Dr. Wendell Uguetto.

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.

O que é Ginecomastia?
Causas da Ginecomastia
Graus da Ginecomastia
Tratamento para Ginecomastia
Cirurgia de Ginecomastia