Ginecomastia

Ginecomastia Tumoral: conheça as causas

Ginecomastia Tumoral: conheça as causas

3 minutos A doença mais comum da mama masculina é a ginecomastia. Ela não é um tumor, mas sim um aumento da quantidade de tecido mamário. No entanto, a chamada ginecomastia tumoral é quando o desenvolvimento de alguns tipos de tumores acabam desencadeando a ginecomastia. Principais tumores que podem causar a ginecomastia tumoral A ginecomastia é o aumento do tecido mamário masculino. Existem diversos fatores que podem causar essa doença, inclusive tumores. O médico precisa estar atento a isso para procurar sinais clínicos ou Continue lendo

Ginecomastia pode ocorrer em qualquer idade?

Ginecomastia pode ocorrer em qualquer idade?

3 minutos A ginecomastia é uma condição masculina que se caracteriza pelo crescimento fora do normal das mamas. Tal problema é decorrente do excesso de tecido, resultante da hipertrofia das glândulas mamárias. Em relação à idade do paciente, sempre surgem muitas dúvidas sobre em qual período da vida a ginecomastia pode aparecer. Antes de mais nada, é importante saber quais são as causas desse aumento do tecido mamário. Assim, é possível entender se há uma idade mínima para que a ginecomastia aconteça. Quais as Continue lendo

Quais são os mitos e verdades da Ginecomastia?

Quais são os mitos e verdades da Ginecomastia?

3 minutos Mesmo que esteja mudando aos poucos, ainda existe um certo tabu sobre homens que fazem cirurgias plásticas. Quando se fala sobre ginecomastia, é comum que surjam muitas dúvidas, mitos e verdades sobre o tema. Isso acontece porque, durante muito tempo, a vaidade e os cuidados com a saúde foram assuntos que pertenciam ao universo feminino. Aos poucos, é possível notar mudanças e os homens estão cada vez se preocupando com essas questões. A ginecomastia hoje figura entre os 5 procedimentos estéticos mais Continue lendo

Pós-operatório Ginecomastia: como é?

Pós-operatório Ginecomastia: como é?

4 minutos Homens que sofrem com o peito volumoso encontram na cirurgia de ginecomastia a solução mais eficaz para resolver isso. Algumas pessoas podem ter receio de realizar a cirurgia, por isso é importante saber o máximo possível sobre como será o pré e o pós-operatório. Assim, é possível ficar mais tranquilo sobre o procedimento. O tratamento cirúrgico, como a mamoplastia redutora, é recomendado pelos médicos em casos nos quais nem os remédios inibidores de estrogênio funcionaram. Essa cirurgia é realizada com anestesia local Continue lendo

Ginecomastia: Remédios caseiros para o tratamento

Ginecomastia: Remédios caseiros para o tratamento

1 minuto A Ginecomastia é definida como um aumento do tecido mamário que acontece em homens. No entanto, o critério para diagnóstico dessa doença, varia de acordo com o paciente: alguns são causados pelo desequilíbrio entre os hormônios testosterona e estrogênio. Por isso, trata-se de uma anormalidade recorrente que pode acometer em homens de todas faixas etárias. Portanto, ao contrário do que muitos podem pensar, este problema deve ser ao excesso de tecido mamário e não ao excesso de gordura. Além disso, os primeiros Continue lendo

Ginecomastia: O que pode causar dor nas mamas dos homens?

Ginecomastia: O que pode causar dor nas mamas dos homens?

1 minuto Como as mamas em mulheres, os homens também sentem um desconforto. No entanto, o que na maioria das vezes é causado por pancadas durante uma atividade física ou até mesmo devido à irritação do mamilo. Também pode ser ginecomastia! Além disso, tanto a mama feminina, quanto a mama masculina, são formadas por uma glândula mamária e por um tecido adiposo. Entretanto, nos homens não há o estímulo hormonal para o crescimento dessa glândula mamária, que ocorre nas mulheres durante a vida. Veja Continue lendo

Ginecomastia Unilateral

Ginecomastia Unilateral

1 minuto A Ginecomastia é definida como um aumento do tecido mamário que acontece em homens. No entanto, o critério para o diagnóstico de Ginecomastia varia de acordo com o paciente: alguns são causados pelo desequilíbrio entre os hormônios testosterona e estrogênio. Por isso, trata-se de uma anormalidade recorrente que pode acometer em homens de todas faixas etárias. Portanto, ao contrário do que muitos podem pensar, este problema deve ser ao excesso de tecido mamário e não ao excesso de gordura. Veja também: A Continue lendo

Ginecomastia: Fisiopatologia e Etiologia

Ginecomastia: Fisiopatologia e Etiologia

3 minutos A Ginecomastia é definida como um aumento do tecido mamário que acontece em homens. No entanto, o critério para diagnóstico de Ginecomastia varia de acordo com o paciente: alguns são causados pelo desequilíbrio entre os hormônios testosterona e estrogênio. Por isso, trata-se de uma anormalidade recorrente que pode acometer em homens de todas faixas etárias. Neste post vamos discutir a fisiopatologia e etiologia da Ginecomastia. Além disso, este desequilíbrio é reconhecido como a condição fundamental para a determinação de fatores fisiológicos, tumores, Continue lendo

A Ginecomastia é uma condição resultante da hipertrofia?

A Ginecomastia é uma condição resultante da hipertrofia?

1 minuto A Ginecomastia é sim, uma condição masculina resultante da hipertrofia das glândulas mamárias. A proliferação das glândulas mamárias é resultado de mecanismos do organismo que alteram o equilíbrio entre a testosterona e os estrógenos. Por isso, no fim da puberdade, antes que a secreção de testosterona tenha alcançado os níveis da vida adulta, o organismo pode produzir maiores quantidades de estrógenos, que são suficientes para causar o crescimento mamário. Além disso, outras causas são o hipertireoidismo e a insuficiência hepática, que é Continue lendo

Ginecomastia: Cuidados após a cirurgia

Ginecomastia: Cuidados após a cirurgia

1 minuto A ginecomastia é um desconforto para os homens, principalmente, quando vivenciada durante a adolescência. Além disso, a ginecomastia é caracterizada pelo aumento no volume mamário. Isso ocorre porque, em determinadas fases da vida, ocorrem oscilações hormonais que podem ter um desenvolvimento da glândula mamária como consequência. Comumente, muitos casos regridem de forma espontânea, mas, caso persistam por mais de alguns meses, é recomendável procurar ajuda médica. Dependendo da duração e do estágio evolutivo do caso, pode ser recomendado a cirurgia de ginecomastia. Continue lendo