Câncer de Mama em Homens ou Ginecomastia?

Tempo de leitura: 3 minutos

Homens têm glândulas mamárias e hormônios femininos em pequena quantidade. Por esse motivo, eles também podem ter câncer mamário, mesmo que não seja muito comum falar sobre isso. Porém, é preciso ter cuidado para diferenciar o câncer de mama em homens da ginecomastia. Isso porque essas duas condições, além de terem alguns fatores de risco semelhantes, também podem possuir alguns sintomas parecidos, como o aumento da mama e o surgimento de caroços.

Por esse motivo, ao primeiro sinal de inchaço ou até mesmo secreção pelo mamilo, é importante procurar um médico para que seja feito o diagnóstico correto e, consequentemente, o paciente possa dar início ao tratamento.

Câncer de mama e ginecomastia: qual a diferença?

O câncer de mama é um tumor maligno que forma nódulos duros nas mamas. Esses tumores não causam nenhum tipo de dor, mas podem provocar sangramentos e retração do mamilo. Normalmente aparecem em uma única mama e, por ser mais raro, não existe a necessidade de realizar exames de rotina, como a mamografia. O diagnóstico então é feito principalmente quando há alguma queixa na mama. Por isso, é importante que cada homem preste bastante atenção em seu próprio corpo e, ao perceber qualquer alteração, agende uma consulta médica.

Já a ginecomastia, na maioria dos casos, é bilateral, mas pode variar de graus discretos até formas avançadas. Essa condição é uma consequência de alterações hormonais da puberdade. Ou seja, comumente aparece em meninos de 13 ou 14 anos, sendo resultante da proliferação das glândulas mamárias. A ginecomastia, portanto, não é um tumor e sim o aumento da quantidade de tecido mamário, causado pela alteração de equilíbrio entre as ações de testosterona e estrógeno no corpo.

A cirurgia é indicada para câncer de mama e ginecomastia?

Assim como o diagnóstico correto, a escolha do tratamento também é muito importante. Dessa forma, é fundamental que todas as opções sejam discutidas com o médico, tanto em caso de câncer de mama quanto de ginecomastia. Levando em conta os possíveis efeitos colaterais, é possível escolher um tratamento que se adapte melhor às necessidades de cada paciente.

Na maioria dos casos, a cirurgia é indicada para tratar o câncer de mama e a ginecomastia. Entretanto, o tratamento para o câncer de mama em homens é feito da mesma forma que em mulheres, mas com algumas variações. Por isso, dependendo do estágio em que se encontra o câncer, alguns outros métodos podem ser indicados, como hormonioterapia, quimioterapia e radioterapia.

Enquanto isso, para casos de ginecomastia, é importante identificar a causa da doença para poder escolher o tratamento mais eficaz. Se a hipertrofia tiver sido provocada por drogas, por exemplo, a simples suspensão de uso poderá diminuir o tamanho das mamas. Se o quadro estiver instalado há mais de um ano ou se, por qualquer outro motivo, houver fibrose, então a correção cirúrgica é indicada, principalmente em adolescentes, com o objetivo de evitar problemas emocionais.

O procedimento cirúrgico para tratar o câncer de mamas em homens raramente pode ser a cirurgia conservadora. Isso por causa do tamanho da mama masculina. Assim, normalmente é realizada a mastectomia, em que todo o tecido mamário é retirado. A técnica varia dependendo o tamanho do tumor, podendo ser:

  • Mastectomia simples ou total: retirada total da mama, incluindo o mamilo;
  • Mastectomia radical: retirada total da mama, dos músculos da parede torácica localizados sob ela e dos linfonodos axilares;
  • Mastectomia radical: retirada total da mama e dos linfonodos axilares.

Para casos em que o diagnóstico é de ginecomastia, a operação consiste na remoção do tecido glandular e da gordura em volta do mamilo.

Conte com o Dr. Wendell Uguetto

Com o Dr. Wendell Uguetto, você vai receber todo o atendimento necessário para cuidar da sua Ginecomastia. Além disso, através de um exame completo e detalhado, prescrição médica do tratamento e acompanhamento mensal e completo.

Faça já sua avaliação com o Dr. Wendell Uguetto!

Comentários do Facebook
Dr Wendell Uguetto

Formado pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo(USP), o Dr. Wendell Uguetto concluiu o serviço de residência médica em cirurgia geral e cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da USP, Sua busca por aprimoramento resultou no prêmio Quality de Cirurgião Plástico de 2011. Hoje, Uguetto atende em dois consultórios e é membro da equipe de retaguarda de cirurgia plástica e crânio-maxilo-facial do Hospital Albert Einstein. Além de várias cirurgias plásticas, ele é especialista no Tratamento para Ginecomastia e na cirurgia de Ginecomastia.