Cirurgia Ginecomastia

O tratamento cirúrgico é instituído em casos de mais de 12 a 18 meses de progressão e que não tiveram regressão completa com o uso de medicações ou de forma espontânea. Em pacientes com graus avançados que cursem com grandes impactos psicológicos, a cirurgia pode ser antecipada.

Atém disso, o tratamento cirúrgico só deve ser indicado após a resolução de causas subjacentes (como perda de peso, tratamento de tumores, suspensão do consumo de substâncias como hormônios, anabolizantes, medicamentos, álcool ou maconha).

Entre em contato conosco

O objetivo do tratamento cirúrgico é a ressecção do tecido mamário anômalo e a restauração do contorno do tórax masculino, com cicatriz mínima, sem deformidade residual e sem sofrimento do complexo aréolo-papilar.

A cirurgia é realizada sob anestesia local + sedação ou anestesia geral e tem duração entre 1 a 3 horas dependendo da classiifcação da Ginecomastia.

Modelos de Cirurgia

Quando o volume mamário presente é de natureza puramente adiposa (lipomastia ou pseudoginecomastia), idealmente é realizada uma lipoaspiração tradicional ou a laser.

Nos casos de Ginecomastia "verdadeira", ou seja, com a presença de componente glandular, o tipo de tratamento cirúrgico dependerá do grau de hipertrofia da glândula mamária e da quantidade de sobra de pele presente.

Em todos os casos, pode-se, ou não, iniciar a cirurgia com lipoaspiração para retirada do componente gorduroso e melhor isolamento da glândula. Veja os exemplos de acordo com cada grau ginegomastico:

- Nas fases 1 e 2a em que não há sobra de pele, a retirada da glândula mamária pode ser realizada através de uma incisão periareolar inferior de Webster.

- Na fase 2b em que há moderada quantidade de glândula e sobra de pele, a cirurgia pode ser feita através de uma incisão periareolar circular completa, por onde se retira a glândula mamária e o excesso de pele. A cicatriz resultante fica em torno da aréola.

- Na fase 3 em que há grandes excessos de pele e de glândula mamária são necessárias maiores ressecções de pele com cicatrizes resultantes em torno da areola + no sulco inframamário ou no tórax.

Para você conferir os graus de ginecomastia, visite nossa página e saiba mais.